Tecnologia ajuda idoso a não sair de casa promovendo a utilização de aplicativos

Categorias

Compartilhar

Criados com funcionalidades específicas para esse público, apps ajudam idosos com a rotina durante o isolamento social; conheça 3 aplicativos nacionais

Com a inclusão digital à população superior aos 60 anos têm acessado cada vez mais aplicativos e sites da internet. De acordo com o IBGE, o Brasil possui 28 milhões de idosos, cerca de 13% da população total. Atividades que podem parecer simples para a maioria das pessoas, representam um desafio para quem é iniciante no uso de tecnologia. Pensando nisso, nos últimos anos surgiram diversas opções de apps úteis para a terceira idade que simplificam o uso do smartphone.

Para Patrícia Soares, CEO da Prestho – fintech especializada em crédito consignado para terceira idade, é fundamental identificar a necessidade desse público. “Considerando o momento que estamos vivendo e com muitos idosos em casa, a tecnologia tem ajudado milhares de aposentados e pessoas com 60 anos em tarefas do dia a dia. Além de aproximá-los da família por meio de chamadas de vídeos, por exemplo, é possível encontrar diversas soluções que ajudam em atividades como transferir dinheiro, marcar consultas médicas e fazer atividades físicas”, comenta.

Confira três aplicativos que podem ajudar no dia a dia dessa geração:

Catálogos de atividades físicas

O Easy Idoso conta com um catálogo de atividades físicas para a população idosa. Além disso, o aplicativo que pode ser baixado no celular ou tablet – disponível gratuitamente para Android e iOS -, apresenta e sugere, também, estabelecimentos de saúde, casas de repouso, associações de terceira idade, centros de beleza e atividades de entretenimento. O uso desse tipo dessa tecnologia é uma tendência constante tanto para questões relacionada a condições clínicas quanto para serviços de entretenimento, a organização da vida diária, interação social, entre outros.

Crédito consignado seguro e online

A Prestho lançou um app de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS. A tecnologia foi criada para ajudar o idoso a se sentir à vontade no mundo digital, com diferenciais como fontes maiores, cores, personalização no canal de atendimento, navegação fácil, dicas de saúde, alerta de golpes e educação financeira. No app, o usuário consegue tem acesso facilitado para simular e contratar um empréstimo ou solicitar um cartão de crédito consignado, sem interferência de outra pessoa e sem precisar se locomover até o banco, 24 horas do dia, todos os dias do ano. O objetivo é ser transparente e dar autonomia para que o usuário entenda a operação de crédito e contrate de forma consciente. O aplicativo que pode ser baixado gratuitamente garante também o histórico de todas as operações contratadas, além de todas as conversas.

Agenda e lembretes virtuais

O MyTherapy é um dispositivo disponível para tablets e celulares que ajuda a administrar o uso de medicamentos, além de datas de consultas médicas. O aplicativo envia lembretes sobre os horários e orienta também sobre o tempo recomendado para realizar atividades físicas. É possível gerenciar o plano de saúde, incluir sintomas clínicos e ficar ciente sobre tempo de duração desses efeitos. Para idosos que desejam apenas o módulo de acompanhamento sobre administração médica, existe o “Caixa de Remédios” que avisa a quantidade que deve ser ingerida.

Escrito e enviado por: Kênia Brandão
Fonte: https://www.segs.com.br/info-ti/232794-tecnologia-ajuda-idoso-a-nao-sair-de-casa