Por Ana Clara Jovino 18.01.2021

Não é novidade que as ferramentas da tecnologia possibilitam que as pessoas estejam presentes nas redes sociais, contribuindo para o contato com familiares e amigos distantes fisicamente. O ambiente online é um espaço de troca, que faz com que quem esteja presente aprenda e descubra frequentemente as próprias habilidades.

Muitos indivíduos já podem estar tão imersos e habituados com esse tipo de interação que não percebem como pode ser algo positivo, pois são atividades que potencializam as expectativas de um futuro com uma qualidade de vida melhor, justamente pelo sentimento causado, de integração na sociedade.

Além disso, estar conectado é um grande exercício mental, o que pode ajudar a prevenir doenças como Alzheimer e Parkinson, desenvolve a coordenação motora e a cognição.

Assim, as pessoas com mais de 60 anos estão cada vez mais interessadas no mundo virtual. A boa notícia é que Guilherme Gargantini e Monika Gargantini, um casal de Santos, cidade costeira no estado de São Paulo, se mobilizam para manter o site Divertidosos, que propõe atualizar, informar, divertir e incluir digitalmente as pessoas com mais de 60 anos.

O casal fundou o site há oito anos. Monika, que é responsável pelo designer da página, conta que a ideia surgiu quando Guilherme trocava e-mails com um amigo, em que abordavam muito conteúdo do universo da terceira idade, então teve o desejo de divulgar para mais pessoas.

“Guilherme também havia ensinado o pai dele, então com 92 anos, a jogar paciência. Depois que seu pai faleceu, foi fazer um curso de informática para a Terceira Idade e pensou que seria legal criar uma plataforma que conectasse as pessoas idosas e promovesse eventos de socialização”, complementa Monika.

Desde então, fazem publicações de interesse do público idoso e organizam eventos para a socialização, como passeios, sessões de cinema e visitas a museus. Com a pandemia, contexto em que é necessário o distanciamento social, as atividades presenciais foram suspensas, então Guilherme teve a ideia de fazer o Pandebingo, um bingo virtual.

Monika explica como funciona, mostrando como a atividade é benéfica para os idosos. “Os Divertinautas fazem videochamada de seus celulares ou notebooks e se encontram numa sala virtual. Eu envio as cartelas e instruções pelo whatsapp – cada pessoa imprime ou copia a cartela. É importante ressaltar que em todos esses passos a cognição está em alta”, enfatiza.

Além de claro, contribuir para que os idosos aprendam sobre as novas tecnologias e ainda com a interação com pessoas mais jovens da família. “Sempre digo que nosso Pandebingo é intergeracional, todos podem participar, de todas as idades, porque provavelmente o mais jovem conseguiu ensinar as pessoas idosas a se conectarem”, explica Monika.

Guilherme e Monika foram os entrevistados do último sábado (16) do Programa Fortaleza 6.0, confira a entrevista completa:

 

MATÉRIAS RELACIONADAS

logo

Contato

E-mail:
[email protected]
Telefone: +55 (85) 3013-5797
Endereço: Rua B, 17 – Eng Luciano
Cavalcante | Fortaleza-CE
CEP: 60.810-670

Copyright © 2020 Fortaleza Cidade Amiga
do Idoso. Todos os Direitos Reservados.

Seja um apoiador

Saiba mais sobre os benefícios
de ser um dos Apoiadores do
Fundo Municipal dos Direitos
da Pessoa Idosa – FMDPI.
Clique no link abaixo
para saber mais.

Contato

E-mail:
[email protected]
Telefone: +55 (85) 3013-5797
Endereço: Rua B, 17 – Eng Luciano
Cavalcante | Fortaleza-CE
CEP: 60.810-670

Seja um apoiador

Saiba mais sobre os benefícios
de ser um dos Apoiadores do
Fundo Municipal dos Direitos
da Pessoa Idosa – FMDPI.
Clique no link abaixo
para saber mais.

Links

Siga-nos

Realização

parceiros

Copyright © 2020 Fortaleza Cidade Amiga do Idoso. Todos os Direitos Reservados.

This will close in 0 seconds