Existe idade para empreender? Não, não há idade certa, nem idade limite!

Categorias

Compartilhar

Muitas pessoas se perguntam se é possível ou viável empreender na terceira idade,o u como eu prefiro dizer, empreender na maturidade.

Em primeiro lugar é importante deixar claro que empreender vai muito além de ser dono de um empreendimento, de criar um negócio. Empreender tem a ver com atitudes, com as capacidades humanas de criar, de perceber oportunidades, tomar decisões e desenvolver novas idéias. Empreender está ligado também a realizar sonhos e desenvolver metas com significado pessoal. Sendo assim, não há idade certa ou idade limite para empreender.

O IBGE projeta que o Brasil terá 30 milhões de idosos em 2020 e essa mudança na nossa pirâmide etária diz respeito a alguns fatores como aumento da expectativa de vida, avanços na ciência, mudança de hábitos, entre outros.

Então isso quer dizer que teremos mais tempo de vida ativa e os termos aposentadoria ou aposentado que significam “aquele que vai para o quarto, para os aposentos e se retira”, começam a não fazer mais tanto sentido. Na verdade, hoje o tempo ocioso pode virar um tempo produtivo.

As pesquisas sobre empreendedorismo apontam duas motivações principais para empreender: necessidade e oportunidade. Na faixa etária acima de 60 anos temos como característica principal de quem empreende por necessidade a falta de opções de um mercado restrito ou a busca de complementar a renda da aposentadoria.

Mas para aqueles que ao final de uma carreira ou de ter cumprido etapas na vida pessoal e familiar buscam empreender por oportunidade, o que se deseja é concretizar sonhos ou projetos pessoais. É a realização de um propósito.

A boa notícia é que nessa fase da vida podemos ter algumas vantagens competitivas que irão ajudar no momento de iniciar uma carreira empreendedora: a experiência pessoal e profissional
adquirida, uma rede de contatos construída e a liberdade de escolher empreender no que gosta – transformar um hobby em negócio, criar um negócio de impacto social, prestar consultoria ou ensinar algo, ser voluntário de uma causa, empreender na área cultural, criativa ou outra.

As possibilidades são inúmeras mas dependem de uma autoavaliação, de suas motivações pessoais e da disposição de continuar aprendendo e desenvolvendo novas competências.

Mas onde encontrar as oportunidades?
Comece olhando para si. Quais conhecimentos, habilidades, experiências podem interessar ao mercado? Depois olhe para o mercado e busque perceber carências, necessidades ou problemas não resolvidos. Por fim, defina algumas possibilidades que lhe dêem prazer, que gerem impacto para alguém e que tenha chances de ser viável. Empreender é uma jornada desafiante mas na maturidade poderá lhe dar um novo propósito, renovar a autoconfiança, a possibilidade de inovar e de se sentir produtivo.

Mônica Arruda Lima Nilça Vieira, Administradora de Empresas, analista técnica do Sebrae CE e professora da Faculdade CDL foi nossa entrevistada no Programa Fortaleza 6.0, na Rádio Tempo, 103.9, no dia 18 de janeiro de 2020.

Ouça o programa na íntegra:

 

Saiba mais sobre o Programa de Rádio
O Programa Fortaleza 6.0 tem transmissão ao vivo, todos os sábados, das 10 às 11horas. A programação promove ações do projeto Fortaleza Cidade Amiga do Idoso; entrevistas com profissionais que trabalham em prol do envelhecimento saudável e conversas com idosos que são exemplos por saberem conduzir as suas vidas após certa idade com tanta vitalidade, autonomia, disposição e alegria de viver.