Por Julyanna Santos 10/09/2021

Você já ouviu falar em etarismo? Não? Então, em algum momento, você já deve ter ouvido as frase “Você não tem mais idade para isso!” Pronto, este tipo de “opinião” é classificada como etarismo ou ageísmo, que consiste no preconceito, na intolerância e na discriminação contra pessoas com idade avançada.

Na prática, o etarismo ocorre quando, por exemplo, vagas de emprego são negadas ou matrícula em uma academia é vista como inadequada. De forma subjetiva é o desprezo por essas pessoas.

Infelizmente, este preconceito amplia as dificuldades das pessoas no seus processos de envelhecimento e aceitação da nova etapa de vida, provocando depressão e afastamento do convívio social.

Por isso, é de grande importância que a sociedade discuta este tema, com debates produtivos e engrandecedores, com objetivo de estimular a tolerância. Lembramos: negar o envelhecimento é negar a própria existência! O etarismo é cruel.

Estima-se que uma em cada duas pessoas no mundo tenha atitudes discriminatórias que pioram a saúde física e mental de pessoas idosas; sobre isso, Alexandre Kalache, ex-diretor do Departamento de Envelhecimento e Saúde da Organização Mundial de Saúde (OMS), foi taxativo: é “uma grande peste à escala mundial” que importa combater.

É preciso que a sociedade entenda que envelhecer é uma ação natural dos corpos em todos os seres vivos e que perseguir um ideal de juventude irreal, só promove o surgimento deste tipo de preconceito.

Pesquisas feitas em 2019, com idosos de diversos países, apontaram que quem aceita o próprio envelhecer tende a cuidar melhor da saúde, da alimentação, além de praticar mais atividades físicas. Tudo isso, como consequência, faz o idoso viver mais – e melhor.

O Projeto Fortaleza Cidade Amiga do Idoso promove ações de conscientização para mudança dessa realidade, elaborando materiais informativos sobre o tema.

Velhice não é doença!

Confira bate-papo entre Alessandro Karnal e Gabriela Prioli sobre o tema!

MATÉRIAS RELACIONADAS

logo

Contato

E-mail:
[email protected]
Telefone: +55 (85) 3013-5797
Endereço: Rua B, 17 – Eng Luciano
Cavalcante | Fortaleza-CE
CEP: 60.810-670

Copyright © 2020 Fortaleza Cidade Amiga
do Idoso. Todos os Direitos Reservados.

Seja um apoiador

Saiba mais sobre os benefícios
de ser um dos Apoiadores do
Fundo Municipal dos Direitos
da Pessoa Idosa – FMDPI.
Clique no link abaixo
para saber mais.

Contato

E-mail:
[email protected]
Telefone: +55 (85) 3013-5797
Endereço: Rua B, 17 – Eng Luciano
Cavalcante | Fortaleza-CE
CEP: 60.810-670

Seja um apoiador

Saiba mais sobre os benefícios
de ser um dos Apoiadores do
Fundo Municipal dos Direitos
da Pessoa Idosa – FMDPI.
Clique no link abaixo
para saber mais.

Links

Siga-nos

Realização

parceiros

Copyright © 2020 Fortaleza Cidade Amiga do Idoso. Todos os Direitos Reservados.

This will close in 0 seconds